23/04/2014 02:40
21/01/2014 09h29

Autor de 'Amores Roubados' explica por que mudou o final da história

Formado em jornalismo e com mestrado em artes cênicas, o pernambucano George Moura é autor de dois dos melhores trabalhos exibidos pela Globo no intervalo de um ano, as minisséries “O Canto da Sereia” (2013) e “Amores Roubados” (2014). O sucesso desta última superou todas as expectativas. “É um sonho quando conseguimos, na TV aberta, a difícil equação entre a qualidade e a comunicação, a mais ampla possível”, diz Moura em entrevista ao UOL.

[GeorgeMoura1] Com longa experiência em televisão, trabalhou inicialmente como editor de texto, na TV Globo Recife e no programa “Fantástico”, e depois como roteirista de séries como “Carga Pesada” e “Cidade dos Homens”, e no programa “Linha Direta”. Entre 2007 e 2011, roteirizou diversos episódios da série “Por Toda a Minha Vida'', também exibida na Globo, pela qual recebeu seis indicações consecutivas ao Emmy.

Na entrevista a seguir, Moura explica por que decidiu alterar o final do livro “A Emparedada da Rua Nova”, no qual se baseou para escrever “Amores Roubados”. A mudança provocou alguma polêmica entre os espectadores que acompanharam a série, cujo décimo e último capítulo foi exibido na noite de sexta-feira (17).

[amoresroubadosjaimeantonia] Por que você optou por um final diferente para Jaime (Murilo Benicio) e Antonia (Isis Valverde) em relação ao texto que serviu de base para série, o livro “A Emparedada da Rua Nova''?
George Moura: Foi uma escolha difícil, muito pensada, conversada, refletida, que me tirou algumas noites de sono. No original do maravilhoso livro de Carneiro Vilela, a questão central é a moral do século 19. Antônia fica grávida de Leandro e não pode aparecer assim para a sociedade; grávida e sem um marido para casar. Jaime então propõe à filha que ela faça um casamento de conveniência com João, no original, seu primo legítimo. Era muito comum nessa época casamento entre primos. João aceita a proposta, mas Antônia se rebela. Diante disso, Jaime, para manter as aparências na tradicional sociedade recifense, toma uma atitude extrema. Ele empareda a filha viva e grávida dentro de um cômodo da própria casa. Esse caráter moral da punição já não faz sentido em pleno século 21.

Diante desta constatação foi preciso repensar o desfecho desse folhetim do século 19 para uma minissérie que se passa e é vista no século 21. Acredito que a maior punição para Jaime, nos dias de hoje, é que toda a sua riqueza, construída com afinco ao longo da vida, seja herdada pelo filho de um homem que ele matou. Quer punição maior do que esta para um homem que dedicou a vida para construir um império de dinheiro e poder? E ainda mais: as mulheres hoje estão cada dia mais fortes. Antônia e Isabel, cada uma a seu modo, conseguem se solevar no final. E Leandro, amor verdadeiro de Antônia, renasce, à margem do rio São Francisco, em forma de um filho. O rio, com sua água pura, além de fazer o sertão frutificar, leva tudo, até as grandes mágoas. Como diz o poeta Ferreira Gullar: “O que passou, passou. Jamais acenderá, de novo, o lume que apagou''.

[amoresroubadosirandhir] Muitos espectadores ficaram frustrados com os finais em aberto dos personagens João (Irandhir Santos) e Carolina (Cassia Kis). O que você pode dizer a respeito?
O mais óbvio seria que o protagonista, Leandro, não morresse. Ele morre, ao tentar fugir de uma emboscada, no capítulo seis, portanto, na metade da minissérie. Mesmo assim, Leandro permanece vivo, seja na memória das mulheres apaixonadas por ele, seja na saga de vingança perpetrada por Jaime e João, que parece nunca chegar ao seu fim. Outro dado curioso é que na construção da narrativa, o antagonista de Leandro, Jaime, passa a ser o protagonista, a partir de um determinado ponto da história. Existe uma troca de posição. Leandro era movido pelo desejo e pela paixão. Jaime é movido pela vingança e pela danação.

[amoresroubadoscassiakiss] São formas de contar uma história, que fogem a uma narrativa mais previsível. Se ao final tivéssemos o desfecho de cada um dos personagens, talvez o telespectador veria exatamente o que ele esperava, mas é preciso surpreender. O telespectador toma um susto inicial, mas depois ele vibra e agradece de ver este frescor na trama. Decidimos juntos pelo final em aberto, é uma outra forma de narrar que pode fazer o telespectador imaginar o desenlace para João, Carolina, Oscar, Ana Clara… Acho que em “Amores Roubados'' isso foi mais rico. Não é uma fórmula, mas sim uma escolha para esta história específica.

Qual (ou quem) foi, para você, a maior surpresa em “Amores Roubados''?
A maior surpresa foi o quanto a minissérie tocou fundo nas pessoas das mais diferentes latitudes. Foi uma paixão à primeira vista, que durou dez capítulos. É um sonho quando conseguimos, na TV aberta, a difícil equação entre a qualidade e a comunicação, a mais ampla possível. Vamos continuar trabalhando para perseguir esta meta.

[ocantodasereia] Na comparação com “O Canto da Sereia'', como você avalia o resultado de “Amores Roubados''?
O frisson causado por “Amores Roubados'', seja no público – ótimo resultado de Ibope – seja na crítica, foi ainda mais forte do que “O Canto da Sereia''. E olha que no “Sereia…'' já tínhamos chegado em ótimos patamares nesses dois aspectos. Em “Amores…'' existia uma expectativa, até certo ponto natural, se iríamos voltar a alcançar o grau de realização do trabalho anterior. Trabalhamos com aquela torcida e, ao mesmo tempo, com aquela dúvida: será que vamos conseguir chegar lá de novo?

Acredito que “Amores…'' foi um novo passo de realização de toda a equipe. Seja na complexidade, na sutileza e nas várias camadas da escrita do roteiro, na atuação dos atores, na direção do José Luiz Villamarim, na fotografia do Walter Carvalho, na geografia física escolhida, que foram as locações desse sertão contemporâneo, entre as vinícolas e o Raso da Catarina. Ou seja mostramos para o Brasil um nordeste que tem riqueza e adversidade. Tudo para contar da melhor maneira essa história.

[amoresroubadossiabelleandro] Foi muito mais difícil de realizar “Amores…''. O roteiro foi ainda mais trabalhado, o esforço de produção foi gigante. Para você ter uma ideia, foram do Rio de Janeiro para Petrolina e Paulo Afonso sete caminhões com figurino, arte, cenografia e maquinários. A equipe de “Amores…'' foi composta por cerca de 120 pessoas e rodou 250 mil quilômetros entre todas as locações, durante quase três meses vivendo no sertão nordestino.

Para mim, o resultado de “Amores…'' foi ainda mais preciso, de acordo com o nosso desejo apaixonado de fazer uma TV de qualidade e com frescor. É como se “Sereia…'' já trouxesse dentro de si, embora tratando de um universo tão diferente e com uma história tão diversa, a semente de “Amores…''

Qual é o seu próximo projeto de trabalho?
É uma releitura da novela original “O Rebu”, de Bráulio Pedroso, para o horário das 23h. A direção é de José Luiz Villamarim, fotografia de Walter Carvalho e estou fazendo junto com o roteirista Sérgio Goldenberg, parceiro do “Sereia…'' e do “Amores…'' Já estamos trabalhando duro e torcendo para fazer algo digno da inteligência do telespectador.

UOL

Deixe seu Comentário

Últimas Notícias

    tera, 22 de abril de 2014
  • 19h42 - Economia

    No Estado, número de veículos financiados caiu 4% no primeiro trimestre deste ano

      O número de veículos financiados em Mato Grosso do Sul caiu 4% no primeiro trimestre deste ano em relação a mesmo período de 2013. Foram comercializados, de janeiro a março de 2014, 24.786 unidades, 1.089 a menos que as 25.875 vendidas em igual intervalo do ano passado. Os dados foram...

  • 19h30 - Itaporã

    Polícia encontra 52,1 kg de pasta base em fundo falso de carro que saiu de Itaporã

    Polícia Militar Rodoviária encontra 52,1 kg de pasta base em fundo falso de carro  / Foto Divulgação Um homem de 27 anos, residente em Dourados/MS, foi preso por tráfico de drogas no inicio da tarde de ontem, 08. Por volta das 13h30, policiais militares rodoviários da Base operacional de...

  • 18h32 - Rural

    Com plantio finalizado, milho requer atenção quanto às pragas em MS

    Com o término do plantio do milho safrinha do ciclo 2013/14, o produtor rural precisa monitorar a evolução de pragas da cultura em Mato Grosso do Sul. A recomendação é do presidente da Associação dos Produtores de Soja de MS (Aprosoja/MS), Mauricio Saito, com base nos dados...

  • 18h29 - Polícia & Justiça

    Colisão entre caminhonete e veículo na BR-26

    O acidente ocorreu na manhã do dia 19 (sábado) a cerca de 10 quilômetros do perímetro urbano de Maracaju próximo ao viaduto da linha Férrea no sentido a cidade de Guia Lopes da Laguna. Segundo informações não oficiais a colisão ocorreu após o inicio de uma ultrapassagem, contudo na...

  • 18h26 - Polícia & Justiça

    Homem aliciava menina de apenas 13 anos em ônibus

    O fato deu-se no último dia 16 (quarta) por volta das 17h30min da tarde aqui em Maracaju. Em informações colhidas pela redação do MaracajuSpeed junto aos órgãos policiais, afirmam que no horário acima mencionado a Polícia Militar foi acionada pela comunicante de iniciais L.G. (37) onde...

  • 18h09 - Polícia & Justiça

    Mãe e filho morrem em acidente na BR-163

    Fonte: Orisvaldo Sales Mãe e filho morreram e outras duas pessoas da mesma família ficaram feridas em um grave acidente envolvendo uma carreta e um veículo de passeio ocorrido na manhã desta terça-feira (22) na BR-163 em Naviraí. O acidente aconteceu por volta das 10h45, no KM 143 da...

  • 18h07 - Polícia & Justiça

    Índice de acidentes nas BRs em MS tem aumento de 9% no feriado

    As BRs que passam por Mato Grosso do Sul tiveram aumento de 9% na quantidade de acidentes entre a Sexta-feira Santa e o feriado de Tiradentes, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Em 2013, foram contabilizadas 49 ocorrências contra 69 em 2014, conforme balanço divulgado nesta...

  • 18h05 - Polícia & Justiça

    Carro da Sanesul invade a preferencial e colide com moto ocupada por dois passageiros

    Mais um acidente foi verificado, no final da tarde desta terça-feira (22), no cruzamento da avenida Joaquim Teixeira Alves com a rua Floriano Peixoto, no centro urbano de Dourados. Desta vez, as vítimas foram os ocupantes da moto Honda vermelha, placa HSP 8485, que trafegavam pela via...

  • 17h56 - Polícia & Justiça

    Collor derrota revista Veja e leva indenização que ultrapassa R$ 1 milhão

    Nesta semana, a Editora Abril, da família Civita, depositará cerca de R$ 1 milhão numa conta bancária indicada pelo senador e ex-presidente da República, Fernando Collor (PTB-AL). O motivo: a Abril foi condenada em última instância a indenizá-lo por ofensas morais publicadas na revista...

  • 17h54 - Saúde & Bem estar

    Confira dicas para se aposentar aos 30 anos

    Para nossos pais e avós, a aposentadoria era um "prêmio" conquistado após 30 anos de esforço e trabalho duro. Mas hoje há jovens que preferem pegar um atalho e se aposentar com 30 anos. O canadense Pete - que não revela seu sobrenome por questão de segurança - alcançou o feito junto com...

  • 17h52 - Região

    Judiciário de MS terá expediente matutino em jogos do Brasil na Copa do Mundo

    O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul publicou nota em seu site oficial que define que o Judiciário terá expediente matutino em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo de futebol. A decisão foi publicada nesta terça-feira (22) na Portaria n.237, que dispõe sobre o horário de...

  • 17h37 - Política

    Nova lei reduz tempo de "nanicos" na TV

      A eleição deste ano deve ser a última em que partidos "nanicos" terão um tempo de propaganda no horário eleitoral desproporcional ao tamanho de sua bancada. O acesso ao palanque eletrônico sofrerá redução drástica, de até 67%, graças a uma mudança na legislação - já...

  • 17h33 - Itaporã

    Itaporã: Wallas Milfont contesta argumentação de ex-prefeito e afirma que mais contas surgiram

    Wallas Milfont contesta argumentação de ex-prefeito e afirma que mais contas surgiram Ao contestar as argumentações do ex-prefeito Marcos Pacco (PMDB), o prefeito de Itaporã Wallas Milfont diz que se sente decepcionado com as inverdades apontadas, e se preocupa com as contas que continuam...

  • 17h30 - Polícia & Justiça

    Identificadas vítimas de acidente na BR-163

    Foram identificadas as quatro vítimas do acidente na manhã de hoje (22), na rodovia BR-163, a 10 quilômetros do Córrego Botas, região da saída para Jaraguari (MS). Anderson Luís Bourscheidt, 31 anos, motorista do Ford Focus, e os passageiros: Osvaldo Hain, Miguel Pinheiro da Silva e a jovem...

  • 16h24 - Itaporã

    Itaporã: Associação de mulheres Rurais Empreendedoras de Santa Terezinha entregam toneladas de alimentos

    Associação de mulheres Rurais Empreendedoras de Santa Terezinha entrega toneladas de alimentos Associação de mulheres Rurais empreendedoras de Santa Terezinha em Convênio com a Conab órgão ligado ao MDS Ministério Desenvolvimento Social, com doação de alimentos as comunidades carentes,...

  • 16h19 - Região

    A partir de maio voucher único será obrigatório para entrar no Balneário Municipal de Bonito

    Com data marcada para o dia 05 de maio, oBalneário Municipal de Bonito MS vai adotar o sistema de voucher para o ingresso de usuários no passeio. O prefeito Leonel Lemos de Souza Brito (Leleco), durante reunião do COMTUR(Conselho Municipal de Turismo), afirmou que é irreversível a...

  • 16h14 - Polícia & Justiça

    Adolescente de 15 anos é assassinado a facadas em Deodápolis

    Um adolescente de 15 anos foi assassinado na tarde de hoje (22), em Deodápolis – município a 90Km de Dourados.  Segundo informações da Polícia Militar que está no local, o jovem teria levado 19 facadas sendo que a arma do crime ainda estaria em seu corpo, quando foi encontrado. Dos...

  • 16h07 - Educação

    Dicionário pode ser aliado dos pais para ampliar o vocabulário infantil

    Talvez você não se dê conta de quantas palavrasconhece  e de tantas outras que existem até ter uma criança pequena por perto, ainda mais se ela estiver aprendendo a ler e a escrever. Curiosas sobre o mundo ao redor, elas parecem não se cansar de questionar o que quer dizer tudo o que...

  • 15h54 - Tá na Midia

    “Mídia é um poderoso instrumento de poder”, avalia Pedro Rauber

    A mídia passa a ser, no atual momento histórico, cada vez mais um poderoso instrumento de formação de opinião e, porque não dizer, um poderoso instrumento de poder, analisa o professor doutorando Pedro Rauber, que concedeu entrevista comemorativa ao ingresso no 64º ano deste...

  • 15h51 - Região

    OAB vai acompanhar CPI da Saúde em MS

    Em atenção ao ofício nº 006/2014 das Comissões de Direitos Humanos e de Direito à Saúde da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS), o deputado estadual Amarildo Cruz (PT) entregou na manhã de hoje (22) o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Assembleia...